Qual é nossa missão?

O K2D pressupõe o desenvolvimento de um sistema de monitorização à escala global e totalmente disruptivo para os oceanos, capaz de lidar com todas as cotas batimétricas, desde os fundos profundos e plataformas abissais até à superfície. A ampla recolha de dados que esse sistema pode fornecer é incomparável com qualquer outro sistema já existente.

Debaixo de água e, em particular, a profundidades extremas, os desafios são enormes e as características de exposição ambiental são excecionalmente hostis para abordagens de sensorização convencionais. Para contornar este problema, o K2D propõe-se a tirar partido da já existente infraestrutura generalizada de cabos submarinos de comunicações e transporte de energia para desenvolver uma rede de deteção contínua e em tempo real dos sinais vitais da terra e em particular dos oceanos.

O sistema irá contemplar um conjunto sinérgico de componentes, incluindo componentes eletrónicos e veículos submarinos autónomos, que permitem a recolha de dados complexos dos oceanos, incluindo variáveis físicas, químicas, biológicas e ambientais.

Objetivos do projeto

O K2D propõe-se a desenvolver um sistema de monitorização dos oceanos à escala global, o qual os permitirá conhecer tanto em tamanho, escala, e multidimensionalidade como também alcance.

 

 

01.

Instalação de uma rede de sensores maioritariamente suportada por cabos submarinos, com um foco particular na sensorização acústica.

02.

Desenvolvimento de um novo repetidor para cabos de comunicação submarinos que, para além da função típica de condicionamento e amplificação das comunicações, monitorizará a coluna de água e a sua envolvente.

03.

Desenvolvimento de metodologias para traduzir o ruído marinho em informação útil: monitorização da biodiversidade e das atividades humanas; identificação de organismos, etc.

04.

Identificação e avaliação de comunidades animais e microbianas de profundidade utilizando técnicas de sequenciação genética, adaptadas e otimizadas para ambientes de águas profundas.

05.

Desenvolvimento de sistemas de controlo baseados em acústica e eDNA para a monitorização de ecossistemas, identificação de espécies e abundâncias.

06.

Integração de veículos autónomos submarinos (AUVs) no sistema de monitorização de forma a complementar os dados recolhidos pelos nós fixos, permitindo assim alargar a recolha de dados para toda a coluna de água e sua envolvente.

07.

Desenvolvimento de transdutores piezoelétricos capazes de comunicar, prestar assistência à navegação e deteção em tempo real de AUVs e outros dispositivos de navegação.

08.

Desenvolvimento de sistemas de observação oceânica inovadores, para avaliar indicadores usando algoritmos geoestatísticos e de inteligência artificial.

Consórcio

Co-promotores e parceiros do projeto


O K2D, acrónimo de Knowledge and Data from the Deep to Space, foi proposto em co-promoção entre a dstelecom, Universidade do Minho e INESC-TEC. Além destes três, conta ainda com 5 parceiros nacionais e internacionais, dos quais se destacam: ASN – Alcatel Submarine Cables; AIR CENTRE – Associação para o Desenvolvimento do Atlantic International Research Centre; Universidade dos Açores; MIT – Massachusetts Institute of Technology; e o Cintal – Centro de Investigação Tecnológica do Algarve...

Notícias/Eventos

13 out. 2022

No passado dia 9 de setembro foi instalado no Estuário do Sado o primeiro protótipo de um cabo submarino inteligente desenvolvido pelo consórcio luso-americano que enquadra o projeto K2D...